Justiça

Perito da PF que expôs falhas na urna eletrônica exalta testes públicos

Ivo Peixinho participou dos últimos dois testes, em 2017 e 2019

O perito criminal da Polícia Federal Ivo de Carvalho Peixinho foi personagem importante nos últimos Testes Públicos de Segurança do Sistema Eletrônico de Votação (TPS) promovidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em 2019, juntamente com outros dois colegas peritos, ele obteve sucesso em ataques contra a urna eletrônica.

Ele defende a importância dos testes como aprimoramento do sistema eletrônico de votação. “Para nós, especialistas, é fundamental participar para colocar nossa expertise à prova. Importante destacar que nenhum sistema é perfeito, quando encontramos duas falhas em 2019 contribuímos para a melhora do ambiente para a sociedade. O sistema não é da Justiça Eleitoral, ele pertence a todos nós e a cada novo Teste fica mais robusto”, destacou.

Leia também:

Em relação ao TPS de 2019, Peixinho fez questão de elogiar uma das mudanças trazidas pelo TSE na versão de 2021. “Naquele ano, tínhamos três planos de teste, mas executamos apenas dois por conta do tempo disponível. Agora, os participantes terão uma semana para trabalhar, esse me parece ser o tempo ideal. Numa situação perfeita poderia durar meses, mas o trabalho é desgastante, chega uma hora que passa a ser difícil focar na tarefa”, pontuou.

Peixinho ainda afirmou que o Teste é um ótimo momento para aumentar a participação popular no processo eleitoral, uma vez que o país vive um momento de muitos questionamentos contra a urna eletrônica e, com o TPS, é possível demonstrar, de forma técnica e com conhecimento fundamentado em argumentos, que o sistema é confiável.

“O sistema de votação foi desenvolvido por muitos anos, a cada novo edital do Teste ele se aprimora com novas correções. A análise do código-fonte é complexa e esse momento nos ajuda a compreender melhor como ocorre a eleição”, afirmou.

Transparência democrática

Faltando pouco menos de um ano para o pleito de 2022, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) promove, às 14h desta segunda-feira (4), a inauguração do “Ciclo de Transparência Democrática – Eleições 2022”. O evento marca o início da abertura dos códigos-fonte dos sistemas eleitorais para conferência pela sociedade civil.

A sexta edição do TPS será realizada entre os dias 22 e 26 de novembro de 2021 e serão admitidas até 15 inscrições, individuais ou em grupos de investigadores com até cinco membros. Todas as informações e edital completo podem ser encontradas no site do Teste: https://www.justicaeleitoral.jus.br/tps/. (Com informações da Ascom TSE)

Veja a entrevista com o perito Ivo Peixinho no canal do TSE no YouTube:

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo