Aconteceu no Maranhão

VÍDEO: Governo Lula transfere Marcola para Brasília após suspeita de fuga e elo com chacina

Transferência do criminoso foi anunciada pelo ministro da Justiça, Flávio Dino

O líder máximo do PCC, Marco Willians Herbas Camacho, conhecido como Marcola, foi transferido da penitenciária federal de Porto Velho, em Rondônia, para a penitenciária federal de Brasília. O criminoso, condenado a mais de 300 anos de prisão, já está na capital federal. O anúncio da transferência foi feito pelo ministro da Justiça, Flávio Dino.

A primeira transferência de Marcola para Brasília foi articulada pelo então ministro da Justiça Sérgio Moro e enfrentou resistência do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha. Marcola estava em Rondônia após pedido de Ibaneis para remover o criminoso do DF.

Marcola chega à Brasília enquanto a polícia da capital federal investiga a chacina que exterminou ao menos 10 pessoas de uma mesma família. A suspeita é de que os criminosos estejam envolvidos com o PCC e que a motivação do crime seja dinheiro.

A transferência de Marcola foi coordenada pela Secretaria de Políticas Penais do Ministério da Justiça. De acordo com Dino, havia um plano de fuga de Marcola do presídio de Rondônia.

“A transferência foi feita de um presídio federal para outro, exatamente visando prevenir um suposto plano de fuga ou resgate desse preso. Portanto, essa operação se fez necessária para garantir a segurança da sociedade”, afirmou Dino.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo